Veja 5 cuidados essenciais para a instalação elétrica

Atualizado: 18 de jul.


É de extrema importância manter a afiação elétrica em bom estado, evitando problemas como: incêndios, curtos circuitos e choques.

Em uma residência o que devemos sempre prezar é a nossa segurança e de quem habita naquele local não é mesmo? Por isso, a manutenção das instalações elétricas devem estar em dia.

Neste artigo iremos abordar alguns cuidados que você pode tomar:


1 - Utilizar materiais adequados e de qualidade


Para garantir o resultado esperado, o ideal é usar produtos que seguem as normas e que possuem certificado. Hoje em dia sabemos existem no mercado muitos produtos para a área elétrica, muitos com um preço até acessivel, mas que não oferecem boa qualidade podendo afetar a integridade das instalações elétricas.


2 - Ter ajuda qualificada


Só quem já sofreu procurando um profissional qualificado sabe o quão complicado é ne? Esse tópico é um dos mais importantes, pois não adianta você ter um bom material mas o profissional não saber oque está fazendo, é ele quem vai realizar os projetos a serem exercidos de acordo com as normas especificas.

Alguém ai já ouviu falar da gravidade que é a eletricidade? O sistema elétrico pode ser muito perigoso se ser manuseado de forma incorreta, então... todo cuidado é pouco!

3- Seguir normas de segurança


Como vimos, a segurança é primordial quando se tratamos deste assunto. Pensando nisto, separamos aqui algumas normas preventivas que devem ser seguida, veja alguns:


NBR 5410 – Instalações Elétricas de Baixa Tensão

Criada pela ABNT(Associação Brasileira de Normas Técnicas) norma de instalação eletrica de baixa tensão.


NR 10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade

A Norma Regulamentadora 10 trata especificamente da parte de segurança nas instalações elétricas, e ensina também sobre primeiros socorros. Existe um treinamento desta Norma elaborada pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) obrigatório para os eletricistas.


Norma de Instalação das Concessionárias

Cada região do Brasil tem características variadas com relação ao sistema elétrico como por exemplo, os estados do país e seus diferentes níveis de tensão elétrica. Por isso as concessionárias têm normas para a conexão das instalações elétricas à rede elétrica da concessionária, seja a conexão de casas, comércios ou indústrias.


4 - ELABORAR UM PROJETO

A elaboração de um projeto é essencial para manter um trabalho de qualidade, seguro e eficaz. Na criação deste projeto é necessário avaliar o local que deverá ser realizado o serviço, vereficar quantos e quais tipos de dijuntores deverão de utilizados, identificar pontos que serão posicionados iluminação, tomadas e interruptores.


5 - ATENÇÃO AOS SINAIS

O profissional deve estar sempre atento oque ocorre durante o processo da instalação. Os disjuntores podem desarmar com frequencia, ou seja, é a forma de proteção para que não aqueça os cubos, ou se há oscilação na iluminação isso significa a sobrecarga de energia.

É também recomendável instalar um disjuntor diferencial residual (DR) em residências, dispositivo que desliga um circuito sempre que é detectada uma corrente de fuga.


Siga as dicas acima e garanta uma instalação de qualidade e segurança. Não esqueça de compartilhar com seus amigos.



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo